REDAÇÃO FLY BY NIGHT

Nato Medrado recebe o suporte de Sander Van Doorn e Above & Beyond!

EP do artista conta com 14 tracks originais, das quais somente 5 são remixadas

08/02/2018 | 08:00 - por Alan Medeiros
Nato Medrado recebe o suporte de Sander Van Doorn e Above & Beyond!
Após o grande sucesso do álbum Without Name de Nato Medrado pela Armada Music, label clássica do logoArmin Van Buuren
E-Music
Armin Van Buuren
, acaba de ser lançado o EP de remixes. Os nomes que tomam conta das reinterpretações das faixas originais são logoLeo Janeiro
E-Music
Leo Janeiro
, logoAlex Justino
E-Music
Alex Justino
, logoMumbaata
E-Music
Mumbaata
, Tinlicker, Namatjira e o próprio Medrado.
O álbum original, lançado em Junho do ano passado, conta com 14 tracks originais, das quais somente 5 - Arauto, Redemption, Soulless, Small Room e Primeira - são remixadas, uma delas, Small Room, duas vezes por Tinlicker e logoAlex Justino
E-Music
Alex Justino
. É muito interessante ver o padrão de remixes nesse EP, onde não só uma música é remixada duas vezes, mas o próprio produtor se encarrega de re-analisar sua própria criação, criando assim uma sensação muito orgânica fruto de um esforço coletivo para uma meditação sobre a produção musical. O álbum está disponível no Spotify, confira aqui.


Small Room é uma faixa intensa com o BPM mais alto no álbum original, na versão de Tinlicker - que já conta com remix dos gigantes logoAbove & Beyond
E-Music
Above & Beyond
- o começo fica mais difuso com uma crescente de batidas mais pronunciada do que o choque inicial de Medrado na produção original. Já Justino - que teve sua versão tocada por logoSander Van Doorn
E-Music
Sander Van Doorn
- também faz uso do choque inicial, porém já inclui a segunda batida que só entra mais tarde na faixa original desde o início, criando assim uma cacofonia de loopings que usa todos os elementos da faixa ao mesmo tempo de maneira renovada. Em Arauto é como se Medrado extendesse a faixa no tempo e espaço reinterpretando sua continuação como se reinterpretasse seu começo.
Redemption fica por conta de Namatjira e tem a sensação de um interlude, que contribui de maneira graciosa para o flow do EP com uma faixa que se prolonga deliciosamente. Janeiro traz um pouco do seu groove para o remix de Soulless e logoMumbaata
E-Music
Mumbaata
traz o foco da sua faixa, Primeira, para o sample de instrumento de cordas que usa de maneira lindíssima. O EP é um complemento maravilhoso para o álbum, adicionando camadas de complexidade para um trabalho já muito bem feito.
Voltar para redação